Fuzzy model for knowledge management assessment in nuclear organizations

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Cláudio Henrique dos Santos Grecco
Jaqueline Tavares Viana de Souza
Paulo Victor Rodrigues Carvalho
Carlos Alberto Nunes Cosenza

Resumo

O uso seguro de instalações e tecnologias nucleares licenciadas depende da disponibilidade e manutenção contínuas de conhecimento e experiência adequados e de uma compreensão adequada das questões relacionadas a segurança.  No entanto, existem condições que favorecem a perda desse conhecimento nas organizações nucleares, como por exemplo, o envelhecimento natural dos trabalhadores e, consequentemente, a aposentadoria e a rotatividade do pessoal. Do ponto de vista das organizações nucleares, não há pesquisas sistemáticas sobre o desenvolvimento de um modelo objetivo, confiável e prático de prevenção à perda de conhecimento. Nesse contexto, este trabalho apresenta um modelo de gestão do conhecimento em organizações nucleares, que apresenta as seguintes características: (1) a utilização de fatores críticos de sucesso para monitorar o sucesso de uma iniciativa de gestão do conhecimento. Os fatores são baseados em sete temas: comprometimento de alto nível, cultura organizacional, estrutura organizacional, práticas de gestão de recursos humanos, medição e resultados, tecnologia da informação e cultura de aprendizagem; (2) o uso de conceitos e propriedades de tomada de decisão e teoria de conjuntos fuzzy para modelar fatores críticos de sucesso. O resultado indica o nível de gestão do conhecimento em comparação com o padrão ideal de gestão do conhecimento. Um estudo de caso exploratório no Laboratório de Interfaces Humano-Sistemas do IEN foi realizado utilizando este modelo fuzzy com o objetivo de validá-lo e exemplificar seu uso. Os resultados mostraram que o laboratório possui uma boa gestão do conhecimento.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Nuclear Knowledge Management